A Associação Folclórica Várzea-grandense (ASFOLVAG) promove no dia 24 de novembro, o IV Encontro dos cururueiros de Mato Grosso. O evento tem o objetivo de trabalhar o resgate, a valorização, a renovação e proporcionar a confraternização entre os mestres de cultura do estado.

O encontro será realizado no D’Paula Clube, situado na Av. Pedro Pedrossian, nº 270, Bairro Centro. Um almoço será servido para todos os participantes. As atividades voltadas ao resgate e manutenção das tradições da cultura popular se estenderão por todo o dia.

O presidente da Associação, Mário Augusto de Figueiredo, espera a participação de pelo menos 200 cururueiros, que virão de Cuiabá e da baixada, como aconteceu no primeiro encontro realizado em 2007. “O objetivo desse quarto encontro é uma coisa mais ousada, é trazer os cururueiros de todo o estado”, frisa. A divulgação do encontro está sendo através de seus associados, cartazes, imprensa e com o apoio da prefeitura municipal.

Criada há quinze anos, a ASFOLVAG, como bem define Mário, “tem a responsabilidade de não deixar nossas tradições morrerem”, numa referência ao Cururu, manifestação cultural típica do Mato Grosso, que é a cantoria em roda ao som da viola-de-cocho.

Durante a semana, a Associação, com sede própria na COHAB N. S ª da Guia, recebe seus frequentadores, na maioria idosos, que passam as tardes jogando dama, dominó, truco espanhol, conversando e planejando as agendas das festas de Santo onde fazem suas apresentações.